A essência de Barcelona através das obras de Antoni Gaudí

A essência de Barcelona através das obras de Antoni Gaudí

Florença: o coração artístico da Itália
21 de setembro de 2018
As vantagens de se estudar nos melhores destinos do mundo
5 de outubro de 2018
Mostrar tudo

A essência de Barcelona através das obras de Antoni Gaudí

A cada esquina, uma nova perspectiva. Barcelona é capaz de se reinventar a todo instante, sendo reconhecida mundialmente por suas obras de identidade inconfundível. Um dos grandes responsáveis por transformar a capital da Catalunha em referência de arquitetura foi Antoni Gaudí. O artista revolucionou o modernismo catalão e escolheu elementos do art nouveau para serem sua marca registrada.

Inspirado na natureza e religião, Gaudí adotou a precisão de detalhes, formatos sinuosos, cores vibrante e técnicas inovadoras para ser identificado em suas próprias criações. Foram essas características que levaram 7 construções do artista a serem consideradas Patrimônios da Humanidade pela UNESCO.

Hoje em dia, as construções de Gaudí estão entre as principais riquezas da cidade, exaltando a incrível herança cultural da Espanha. Afinal, o forte elo entre Barcelona e Gaudí ajudou a moldar a essência de uma das maiores cidades do país. Então vamos conhecer alguns dos tesouros do artista:

 

Sagrada Família

O ponto turístico mais visitado de Barcelona é também a maior obra de Antoni Gaudí. A Igreja Sagrada Família possui uma impressionante fachada de estilo neogótico e interior rico em detalhes, simbologias e nuances característicos de Gaudí. Iniciada em 1882, a construção da obra segue inacabada após mais de 100 anos. Os desenhos e anotações deixadas pelo arquiteto indicam a sua finalização para o ano de 2030.

 

Parc Güell

O que inicialmente seria um condomínio residencial de luxo, tornou-se o principal parque urbano de Barcelona. Admirador das obras gaudianas, o político Eusebi Güell encomendou a construção, que posteriormente veio a ser o Parc Güell. O espaço descrito como cidade-jardim é rodeado por muita natureza e ainda possui uma das melhores vistas da região. Os traços do artista estão presentes nos elementos arquitetônicos do parque: mosaicos, figuras geométricas e monumentos de animais.

 

Casa Batlló

Situada em uma das avenidas mais importantes de Barcelona e ao lado de outros edifícios famosos, a Casa Batlló se destaca pela variedade de cores, formas e materiais. A fachada de sacadas onduladas ganha vida com os mosaicos de vidros e cerâmicas quebradas. O teto de forma arqueada remete ao dorso de um monstro mítico, enquanto o interior preserva espaços de tranquilidade que se assemelham ao ambiente marinho.

 

Casa Milà

Também conhecida como La Pedrera, a Casa Milà chama a atenção de longe com sua fachada inteiramente em pedra calcária e mais de 30 balcões decorados em ferro forjado. Entretanto, o que mais impressiona é o fato de o prédio não ter sequer uma linha reta. O atual espaço de exposições era considerado uma obra muito à frente de seu tempo. Em seu interior, pinturas murais, formas orgânicas e apartamentos divididos por um enorme vão. No terraço, um autêntico jardim de esculturas com chaminés que parecem guerreiros.

 

Casa Vicens

A primeira obra de Gaudí representa a busca do artista por sua identidade. De forte inspiração oriental e árabe, a Casa Vicens tem como elemento principal os azulejos coloridos em sua fachada. É possível perceber a adoração do artista por figuras florais e vegetais já no começo de sua carreira. Diferente de suas outras construções, a obra possui estrutura de linhas retas e uma mistura de estilos artísticos. Apenas recentemente, a Casa Vicens passou a ser aberta para visitação.

 

Ficou inspirado? Faça um intercâmbio em Barcelona e conheça todas essas preciosidades pessoalmente!

 

Clique aqui e confira o Junior Program de 2 semanas em Barcelona