Chipre, história e belezas de Limassol - Águia Operadora
Graduação e pós-graduação na University Canada West
5 de julho de 2019
Inglaterra além do óbvio: conheça Newcastle!
24 de julho de 2019
Mostrar tudo

Chipre, história e belezas de Limassol

Na porção leste do Mar Mediterrâneo, o Chipre é uma ilha-país que tem atraído, cada vez mais, o interesse de viajantes europeus. Embora ainda pouco conhecida pelos sul-americanos, a República do Chipre é a terceira maior ilha do Mediterrâneo, situada ao largo das costas da Turquia e Síria. Um país diverso que concentra cultura e história em meio a paisagens deslumbrantes, dignas dos deuses gregos!

Aliás, não é por acaso que o Chipre é conhecido como berço de Afrodite, a deusa grega do amor e da beleza. Também não é uma coincidência que o cenário lembre muito as belezas gregas, especialmente, quando se fala das praias magníficas. O país, fundado por colonos gregos em cerca de 1500 a.C., já passou pela mão de diversas civilizações antigas, incluindo egípcios, persas, romanos, bizantinos e otomanos.

A presença ocidental é sentida tanto pela proximidade com o velho continente como pelo período de dominação britânica. País independente desde 1960, o Chipre tem uma identidade complexa e, sobretudo, apaixonada pela sua história e ciente da sua beleza. Com clima ameno e águas mornas, o país é um verdadeiro exemplo da expressão “museu a céu aberto”!

Chipre do sul e do norte

Tantos períodos de dominação deixaram marcas históricas e étnicas no país.  Enquanto a população grega queria anexação à Grécia, a oposição turca se opunha veemente. A saída, estabelecida após a independência e alguns conflitos internos, veio com a divisão da ilha: a porção norte é de domínio turco (extraoficial) enquanto a parte sul é greco-cipriota, a chamada República do Chipre. Esta porção do país está integrada à União Europeia desde 2004.

A Linha-Verde marca os limites entre cada lado, uma zona desmilitarizada ocupada por representantes da ONU. Mas uma coisa é certa: a divisão só acentua as peculiaridades do Chipre! Os dois lados vivem em paz e o turismo do país só cresce, beneficiado pelas belezas naturais e diversidade cultural!

Nicósia, única capital repartida da Europa

Separada pela Linha-Verde, Nicósia reserva diversas atrações. Uma delas é observar a convivência entre os diferentes povos. Para além das áreas administrativas, há as tradições, costumes e crenças religiosas completamente distintas.

Enquanto na zona sul é possível visitar a Catedral de São João e o Templo Sagrado de Faneromeni (Virgem Maria), na zona norte você pode desfrutar de banhos turcos e outras atrações árabes.

Limassol, o melhor do Chipre

Também chamada de Lemesos, Limassol cresceu entre Kourion e Amathus. Duas cidades importantíssimas da época bizantina! Hoje, suas ruínas fazem parte das atrações de Limassol.

A segunda principal cidade do Chipre é um importante porto comercial não só do país, mas de toda a Europa Mediterrânea. Marcada, como todo o Chipre, pelas civilizações que por ali passaram, Limassol teve seu desenvolvimento acentuado devido ao crescente interesse turístico.

Isso se traduz em bares, restaurantes, clubes, boates e inúmeros hotéis espalhados pela cidade. Destino turístico de primeira classe, o toque britânico é sentido em muitos cantos de Limassol. Entre castelos e catedrais, teatros e monumentos históricos, não tem jeito: as principais atrações de Limassol são as praias!

Praias de Limassol

Segunda maior área urbana, situada na costa sul do Chipre, as praias de Limassol chamam atenção do mundo inteiro! Além dos cenários paradisíacos, a cidade oferece ótima infraestrutura para receber os visitantes. Aliás, Limassol é conhecida pela excelente qualidade de vida de seus habitantes. Qualidade esta que se estende aos turistas que visitam a região.

Já as praias estão constantemente nos rankings de lugares incríveis para conhecer na Europa! O clima favorece a maravilhosa paisagem local. Entre as principais estão:

Costa do Zapalo

Conhecida como a praia mais mágica de Limassol, está situada na Baía de Episkop, sob o Santuário de Apolo Hylates. Por isso, também é conhecida como Praia de Apollo. A 20 km da cidade, a extensa faixa de área é margeada por grandes falésias que proporcionam uma visão espetacular do mar! Uma das curiosidades do local é que a vegetação das falésias é repleta de ninhos de falcões!

Praia do Pissouri

A 37 km da cidade, o Golfo do Pissouri é uma longa costa com cascalhos de diferentes formatos e cores misturados à areia fina. Muito procurada para prática de esportes aquáticos, tem mar mais agitado e profundo. Por ser bastante extensa, a praia oferece lugar tanto para os que preferem sossego quanto para aqueles que buscam diversão. Há diversos quiosques e restaurantes no lado leste, enquanto nas enseadas, formadas por gigantescas falésias nos extremos oeste e leste, são os points preferidos dos nudistas.

Praia de Kourion

Próxima ao sítio arqueológico do antigo teatro greco-romano de Kourion, a praia conta com solo de areia e seixo. Tanto na margem como embaixo d’água. A 17 km de Limassol, situada na região de Episkop, é destino muito apreciado por famílias por contar com muitos serviços e água rasa.

 

Ficou curioso para conhecer o Chipre? Aproveite e estude inglês por 2 semanas em Limassol!

Contate a Águia Intercâmbios e saiba mais sobre esta oportunidade!