Inglês em Torquay: a cidade de Agatha Christie
destaque_edimburgo
Estudar inglês na Escócia: vantagens de morar em Edimburgo
28 de janeiro de 2019
destaque_auckland
Auckland: a maior cidade da Nova Zelândia
18 de fevereiro de 2019
Mostrar tudo

Inglês em Torquay: a cidade de Agatha Christie

Imagine um cenário onde a paisagem litorânea encontra par nos vilarejos rurais, um lugar onde os termômetros sempre marcam temperaturas agradáveis para um passeio à beira-mar. No extremo sul da Inglaterra, Torquay é o destino preferido dos ingleses, dentro do Reino Unido, para as férias de verão.

Com temperaturas mais altas do que no restante do país, a pequena cidade da Riviera Inglesa não chama atenção só por destoar do típico clima chuvoso inglês, nem pelas belas praias de areia fina, tampouco pela vida animada, feiras, eventos culturais e excelente estrutura turística (contém ironia). A grande atração de Torquay, que a tornou mundialmente conhecida, é o fato de ser berço de Agatha Christie.

 

Cidade da “Dama do Crime”

Um certo detetive belga se sentiria muito à vontade durante uma caminhada pelos calçadões à beira-mar de Torquay. Assim como Miss Marple, que conhece os cantos mais remotos da pitoresca cidade do condado de Devon. Agatha Christie levou Torquay para o imaginário de pessoas do mundo inteiro ao utilizar a cidade como cenário para os mistérios mais insolúveis já imaginados na literatura. Não é à toa que a “Dama do Crime” está por toda cidade.

Embora não exista um museu específico, apenas uma galeria destinada à autora, a filha mais ilustre de Torquay tem um roteiro próprio na cidade: o Agatha Christie Mile. Fãs do mundo inteiro passeiam pelos locais mais relevantes presentes nos mais de 80 livros da autora, passando por casarões no estilo vitoriano e o Grand Hotel, local em que a escritora passou sua lua de mel.

 

O que conhecer em Torquay?

Os mais de 35 km de costa litorânea, de frente para o Canal da Mancha e a Baía de Tor, cercados por colinas e penhascos, comportam lindas praias, com destaque para Maidencombe, Watcombe e Oddicombe. Mas para conhecer a cidade é preciso mergulhar para além das praias e conhecer o patrimônio histórico e cultural de Torquay.

Não é de se espantar que a cidade que inspirou os romances policiais da “Dama do Crime” seja cheia de história para contar. A 314 km de Londres, Torquay já foi ocupada pelo império romano e serviu como base durante a segunda guerra mundial, período em que foi frequente alvo de bombardeios, local do desembarque de soldados americanos nos meses que precederam o “Dia D”.

Nas Cavernas de Kent, um dos sítios paleontológicos mais importantes do Reino Unido, acredita-se ter encontrado o fóssil humano mais antigo da Europa. Uma curiosidade é que o pai da Agatha, Frederick Miller, que era membro da Sociedade de História Natural de Torquay, chegou a participar das escavações da caverna e costumava levar a filha para passear no lugar. Esse episódio serviu de inspiração para a Hampsley Cavern, cenário de um dos livros da escritora.

 

A Torre Abbey, construção datada de 1196, era um antigo monastério hoje convertido em museu. De estrutura medieval e rodeada por jardins, o lugar é palco de inúmeros eventos, apresentações interativas e audiovisual, além de abrigar um jardim inteiramente dedicado à Agatha Christie.

 

A English Riviera Wheel é a roda gigante cartão-postal da cidade, localizada no píer, que proporciona uma visão panorâmica de Torquay no topo dos seus 60 metros de altura.

 

Designada pela Unesco como “Geoparque Mundial” por manter seu status de conservação e proteção da riqueza de seu legado geológico, Torquay é um lugar inspirador e um destino incrível para quem busca aprender inglês longe da agitação das grandes capitais. Além de estar cercado de todo legado histórico da cidade, o estudante faz o curso envolto à brisa do mar e, se quiser, é só pegar o trem e estará em Londres em menos e 3 horas.

 

A Águia Intercâmbios tem o pacote ideal para quem busca estudar em inglês em Torquay com curso de 2 semanas na Escola TIS, incluindo acomodação single em casa de família e atividades extracurriculares. Curso especial para estudantes com idade igual ou superior a 50 anos.

Os comentários estão encerrados.