O que você precisa saber sobre o Visto ETA para o Canadá

Relato de Viagem: Águia Experience no Nepal
30 de janeiro de 2020
Agricultura no Japão? Vivencie esta experiência
13 de fevereiro de 2020
Mostrar tudo

O que você precisa saber sobre o Visto ETA para o Canadá

 

Segurança, educação de qualidade, oportunidades de trabalho, diversidade e paisagens belíssimas. Esses são alguns dos motivos que fazem muitas pessoas viajarem para o Canadá, seja para passear ou fazer um intercâmbio. Se você tem intenção de ir ao país, é importante saber tudo sobre o Visto eTA Canada.

A sigla vem de Electronic Travel Authorization e é um visto canadense virtual. Ele entrou em vigor em maio de 2017 e vale para quem deseja fazer intercâmbio de até 24 semanas ou viajar a negócios ou a passeio nesse destino por alguns dias e/ou semanas. Com o documento, ir para lá ficou bem mais fácil!

Como funciona o eTA 

Brasileiros podem emitir a autorização desde que tenham visto americano de turista válido ou um visto canadense emitido há menos de dez anos. Ao solicitar seu eTA, não é necessário realizar toda a aplicação de novo, garantindo mais rapidez no processo, menos burocracia e até mais economia, já que o custo não é alto, como você verá abaixo. 

Em alguns casos, a emissão acontece em questão de poucos minutos. As situações que levam alguns dias acontecem porque os requerentes precisam de determinados documentos de apoio. Nem se compara com a emissão convencional de um visto para o país, que costuma demorar semanas ou até alguns meses para estar pronto. 

Validade e custo do eTA

Esta autorização pode durar até cinco anos ou até a validade do passaporte, o que vier primeiro. O preço do eTA Canada é praticamente uma bagatela: CAD$ 7,00. Isso equivale a aproximadamente R$ 22,00 (cotação de fevereiro de 2020). 

Em compensação, o visto tradicional custa CAD$ 100,00, além de CAD$ 85,00 da biometria e R$ 100,00 da taxa do Vista Application Centre (VAC). Portanto, você pode economizar cerca de R$ 672,00 optando pelo eTA. E como tem que fazer a biometria dos dedos, é necessário viajar até o consulado – mais um custo adicional para quem não mora em São Paulo.

Passo a passo para emitir o eTA

 

Para ter esta documentação que facilitará bastante sua viagem, é só seguir as seguintes instruções: 

  1. Acesse o site da imigração canadense e confira as orientações, que estão disponíveis em português. 
  2. Separe os seguintes documentos: passaporte válido, visto americano, endereço de e-mail e cartão de crédito para pagar a taxa. A taxa é cobrada em dólar canadense, então o cartão de crédito tem que ser internacional.
  3. Clique em “Solicitar AEV (Autorização Eletrônica de Viagem)” e continue os próximos passos. O formulário de solicitação é disponibilizado em inglês e francês, idiomas oficiais do Canadá. Para ver os campos em português, é só clicar aqui
  4. Responda às perguntas pessoais e informe dados do passaporte.
  5. Aguarde o envio do e-mail de confirmação. 

Caso tenha que apresentar mais documentos para ter seu eTA aprovado, chegará um e-mail com instruções em no máximo 72 horas. 

Outras informações IMPORTANTES sobre o eTA Canada

Se você planeja viajar para estudar ou trabalhar em terras canadenses por mais de seis meses, é necessário dar entrada no pedido de permissão de estudos ou de trabalho. Depois de ser concedida, você terá seu visto automaticamente.

Se você já estiver nos Estados Unidos, o eTA não adiantará caso queira ir ao Canadá por via terrestre. Ele só é válido para entradas aéreas no país. O visto americano facilita o processo, mas não substitui o eTA. Uma das regras do eTA é que a entrada no Canadá seja somente via aérea, de avião. 

Quem vai ao Canadá por meio de um cruzeiro deve ter visto canadense. Dessa forma, você não corre o risco de ser impedido de entrar no país. 

A Águia Operadora oferece várias opções incríveis de viagem, inclusive de intercâmbio para o Canadá. Fale com a gente para saber mais.