Atrações pouco conhecidas de Paris
14 de agosto de 2020
Sobremesas italianas de dar água na boca
28 de agosto de 2020
Mostrar tudo

Os principais tipos de hospedagem em intercâmbio

Muita gente nem imagina e acaba focando só nos detalhes do curso, mas a escolha da hospedagem é uma das decisões mais importantes que você vai tomar antes do seu intercâmbio. Isso porque existem alguns fatores decisivos que você deve levar em consideração antes de definir o local onde você vai morar enquanto estuda outro idioma ou faz alguma especialização em um país diferente. 

O que é mais importante para você: a localização, a imersão total na língua ou a sua privacidade? Essas são algumas características que você deve conhecer para definir a acomodação de acordo com o seu perfil. Para te ajudar, vamos falar um pouco sobre os principais tipos de hospedagem mais comuns no intercâmbio. Confira!

Host family

Caso o seu perfil seja de uma pessoa mais flexível, que esteja realmente interessada em se aprofundar na língua e na cultura de um país, uma boa opção pode ser ficar com uma host family, que nada mais é do que uma família que recebe estudantes estrangeiros durante sua estadia no país.

Essa é uma das formas mais comuns de se hospedar durante um intercâmbio. Ficar em uma host family oferece vantagens como: segurança, tranquilidade e um ótimo custo-benefício. Esse tipo de hospedagem costuma incluir também, no mínimo, uma refeição diária.

Geralmente, essas casas estão localizadas em áreas residenciais, um pouco afastadas das áreas centrais. Mas, optando por esse tipo de hospedagem, você terá a certeza de que vai ter a companhia e o apoio de uma família com fluência na língua. A convivência com nativos será essencial para melhorar ainda mais sua fluência no idioma em questão. Além disso, é uma oportunidade de conferir de perto os hábitos de uma família nativa.

Residência estudantil

Se você é daquele tipo de pessoa que faz amizade facilmente e quer aproveitar o intercâmbio para conhecer gente do mundo inteiro e gastar menos, sem abrir mão da sua liberdade, a melhor opção para você pode ser a residência estudantil. Essa alternativa costuma ficar em localizações excelentes não só para os estudos, mas também para curtir o melhor da cidade.

Neste tipo de hospedagem, as acomodações variam entre quartos compartilhados ou individuais, dependendo da sua escolha. Em alguns casos, essa opção pode ser adquirida já com as três refeições diárias inclusas.

As comodidades desse tipo de hospedagem são bem parecidas com as de um hostel, mas como há um controle mais da permanência das pessoas que moram na residência, é possível ter mais privacidade e segurança.

Morar em uma residência estudantil também significa se beneficiar de comodidades adicionais. Normalmente é possível encontrar uma sala de ginástica, uma lavanderia, cozinha, estacionamento, entre outros ambientes. 

Assim como em uma host family, ficar em uma residência estudantil proporciona o contato com com várias pessoas, especialmente de outros países. A interação com elas estimula a prática do idioma local e ajuda você a conhecer novas culturas, não só do país onde você vai estudar.

Morar sozinho

Morar sozinho durante um intercâmbio é uma opção para quem busca, acima de tudo, liberdade em seu estilo de vida. Nesse caso, você pode optar por se hospedar em:

1. Hotel

Se você busca conforto e privacidade, a melhor alternativa mesmo são os hotéis. E existem inúmeras opções, com localizações geralmente muito boas, perto de escolas, na região central e com muitos serviços disponíveis para você utilizar. No entanto, é preciso ter em mente que você irá pagar bem mais do que nos tipos de hospedagem que falamos anteriormente.

2. Apartamento privado

Muitos estudantes gostam de alugar estúdios ou apartamentos privados para morar enquanto fazem um intercâmbio. Essa forma de acomodação é ótima para quem quer manter uma vida social e festiva ao mesmo tempo em que desfruta de paz e sossego para estudar.

Essa alternativa geralmente fica um pouco mais longe das escolas de idioma, mas ficam perto da região central da cidade. Além disso, pode ser mais burocrático conseguir alugar, em comparação com os outros tipos de hospedagem.

3. Apartamento compartilhado

Também é possível morar em um apartamento compartilhado, uma opção cada vez mais popular entre os estudantes de intercâmbio. Esse tipo de hospedagem oferece a oportunidade de se conectar com as pessoas e também permite que você se beneficie de uma acomodação maior por um preço menor do que pagaria sozinho. 

Assim como a residência estudantil, essa opção é ideal se você for bastante sociável e se quiser se sentir em casa enquanto estuda outro idioma em um país diferente.Como você viu, há diversas formas de hospedagens. Caso tenha dúvidas sobre esse e outros assuntos do universo de intercâmbios, entre em contato!