Especialista responde: vale a pena estudar no exterior? - Águia Operadora

Especialista responde: vale a pena estudar no exterior?

4 cidades para fazer intercâmbio na Espanha
8 de maio de 2019
7 passeios imperdíveis para fazer em Seattle
31 de maio de 2019
Mostrar tudo

Especialista responde: vale a pena estudar no exterior?

Talvez você já tenha pensado em estudar no exterior. Talvez você já tenha cogitado em investir em um curso de um mês em outro país, a fim de aprimorar sua habilidade em outro idioma. Se esses pensamentos já passaram pela sua cabeça e você ainda não fez um intercâmbio, provavelmente, você está lutando com os seguintes questionamentos.

  • Será que vou aprender alguma coisa em um mês de aulas?
  • Será que vale a pena o investimento?
  • O custo benefício é vantajoso?

O que diz a especialista

A verdade é que, como muitas coisas subjetivas, a capacidade de aprendizado e assimilação do conteúdo varia muito conforme o estudante. Para responder com mais propriedade a esses questionamentos, convocamos Lilian Nogueira, especialista em Intercâmbio Cultural da Águia Intercâmbios.

“Essas perguntas são muito comuns para os alunos que têm interesse em fazer o intercâmbio. Há muitas dúvidas acerca de como será a aprendizagem no outro país e o custo benefícios. Ao longo de tantos anos trabalhando com intercâmbio cultural, sei que essa não há uma resposta exata para isso, pois não se trata de uma conta. O que posso dizer tem a ver com anos de observação e minha experiência no segmento”, explica Lilian.

A especialista afirma que, em média, 4 semanas de intercâmbio cultural em outro país equivale a 3 semestres do aprendizado do idioma no Brasil. Somado ao fato de que o estudante estará inserido na cultura nativa do idioma, ele se sentirá mais apto à adquirir fluência na língua. “É um processo intenso de imersão. Como se o estudante se sentisse incentivado a “soltar” a língua justo por estar inserido na sociedade local, por estar vivendo o dia a dia daquele idioma”, argumenta Lilian.

Por que o aprendizado depende da pessoa?

Quando se está fazendo um intercâmbio em outro país, a ideia principal é que o estudante viva a realidade local. Isso se aplica ao idioma, aos costumes, ao dia a dia como um todo. “Se o estudante só se relacionar com brasileiros durante o intercâmbio, ele só vai falar português. Se o intercâmbio for em grupo, se houver familiares ou amigos fazendo a mesma viagem, a tendência é que o intercambista continue se comunicando em português. Esses são alguns fatores que podem comprometer a experiência de imersão”, comenta a especialista.

Ela acrescenta que fatores como a própria consciência do estudante e o nível de entendimento do idioma influenciam bastante a experiência.  “Quanto maior o nível, mais rápido será o aprendizado e mais proveitosa será a experiência do aluno”.

Vantagens de fazer um intercâmbio

Os benefícios de ter uma vivência de intercâmbio no exterior são tanto pessoais quanto acadêmico. Veja algumas vantagens:

  • Aprofundar e vivenciar uma nova cultura
  • Fluência no idioma
  • Independência pessoal
  • Upgrade no currículo
  • Novos amigos e network internacional

Você pensa em fazer um intercâmbio? Conheça os programas da Águia Intercâmbio! Oferecemos programas focados em estudo e também em intercâmbio cultural para diversos países no mundo.

Acesse nosso site e viva uma experiência enriquecedora no exterior!