Relato de viagem: programa High School e Host Family no Canadá - Águia Operadora

Relato de viagem: programa High School e Host Family no Canadá

10 mitos e verdades sobre intercâmbios
4 de outubro de 2019
Intercâmbio de réveillon: fim de ano em Salerno
23 de outubro de 2019
Mostrar tudo

Relato de viagem: programa High School e Host Family no Canadá

Você sabe que há várias modalidades de intercâmbio, certo? Há ofertas de cursos de idiomas, intercâmbios culturais, trabalho voluntário, High School, graduações, mestrados e MBAs no exterior. Todos com suas particularidades e exigências. Mas você já se perguntou como será fazer um intercâmbio mais longo?

O High School é um dos programas com maior tempo de estadia em outro país. O intercâmbio é disponibilizado para estudantes que buscam ter uma experiência enriquecedora durante o ensino médio.

Neste post, trouxemos o relato da estudante Letícia Bona Tigrinho, de 17 anos. Ela embarcou em agosto deste ano para cursar um semestre de High School no Canadá, na província de Nova Scotia. Neste relato pessoal e detalhado, a estudante conta tudo sobre sua experiência durante quase dois meses vivendo no Canadá.

Para quem tem dúvidas sobre como é o convívio com uma Host Family, a Letícia conta tudo! Mas antes de chegar ao depoimento da Letícia, vamos falar um pouco mais sobre o programa de High School.

O que é e como funciona o High School?

O High School é um programa de intercâmbio que permite ao estudante cursar um período ou mesmo todo o ensino médio no exterior. A proposta é que o intercambista esteja imerso na cultura do país escolhido, a partir do convívio no colégio, na comunidade e na host family.

O que é Host Family?

Host Family é o termo usado para designar as famílias que hospedam estudantes estrangeiros. As agências e operadoras de intercâmbio costumam escolher as famílias de acordo com o perfil de cada estudante. Nesse tipo de hospedagem, o estudante tem a oportunidade de viver, realmente, a rotina de uma família local.

Como é, na prática, o intercâmbio High School?

Nada melhor do que uma intercambista, atualmente em viagem, para contar como é fazer o High School! Confira o relato da Letícia, na integra, sobre os primeiros meses de intercâmbio no Canadá:

A chegada

“Vim contar para vocês um pouquinho dessa experiência maravilhosa que é o intercâmbio!

‌A viagem foi um pouquinho cansativa e durou em torno de 34 horas para chegar aqui na Nova Scotia. Porque na minha última conexão da Philadelphia para cá ocorreram vários atrasos.

Quando cheguei aqui no Canadá, estava um pouquinho nervosa quanto a alfândega porque eu estava exausta, mas deu tudo certo! O policial foi receptivo e simpático.

Porém, quando eu pensei que iria pegar minhas malas tive que ir para uma outra sala, pois havia trazido grãos do Brasil (feijão, canjica e café). Mas quanto a isso foi supertranquilo também.

Na hora que o policial abriu a porta e saí na sala de espera, a minha família já estava lá me esperando! Minha host sister mexicana estava lá também junto com meus hosts parentes, porque o voo dela chegou no horário e o meu não. Ou seja, eles ficaram me esperando 7 horas no aeroporto!

Quando minha host mom me viu ela abriu uma bandeira que eles fizeram pra mim e veio me abraçar. Eles foram super receptivos e acolhedores! Seguimos mais duas horas de carro até chegar em casa.

A casa é bem grande, eu tenho um quarto só para mim! O único “probleminha” é que a gente tem um banheiro para três mulheres e o Kevin, que é o host dad, tem o banheiro dele.

Aqui comida é o que não falta! Sério, essa casa tem muita comida. Eles também têm dois cachorros. Quando eu cheguei aqui eles só tinham o Apolo, que é um Golden Retriever, e agora a gente tem mais um filhotinho que é o Boomer. Eu sou super suspeita porque eu amo cachorros. Então, estou mega feliz aqui!

A escola

De vez em quando eu me sinto em um filme! Porque para ir para o colégio eu pego o famoso ônibus amarelo. O colégio é igualzinho dos filmes e séries, tenho meu armário e tudo mais!

Fiz amizade muito fácil. Porém, alguns adolescentes daqui não são muito abertos a novas amizades, tem que ir conquistando aos poucos.

São quatro aulas por dia que vão das 8 às 3 horas. Nos finais de semana a gente sempre vai passear e conhecer novos lugares, enquanto ainda está calor aqui. O verão já acabou e estamos no outono, mas por enquanto ainda faz uns 20 graus. O clima ainda está mega agradável.

Minha host mom é super querida e cozinha muito bem. A culinária aqui não é muito diferente. A única coisa que eu sinto falta é do sabor da comida que a gente cozinha no Brasil. Acontece que a comida é meio “seca”, acho que por isso que eles têm muitos molhos como ketchup, ranch etc.

Eles também gostam muito de coisas doces na comida salgada, como abacaxi e molhos de maçã. Aqui eles jantam as 5 horas da tarde e chamam a janta de “supper”. Meu host dad é um querido também e assistimos vários filmes em família.

Enfim, minha experiência está sendo incrível e inesquecível, eu estou muito feliz! Recomendo muito ter essa oportunidade! Agradeço minha família por ter me apoiado e me incentivado nessa decisão. Principalmente, minha tia Cristiane. E a Águia Intercâmbios por todo apoio necessário!”

Estude no exterior com a Águia Intercâmbios! Escolha o programa da sua preferência e viva uma experiência enriquecedora em solo estrangeiro. Siga-nos no Facebook e Instagram ou converse com uma de nossas consultoras para saber mais sobre destinos e programas disponíveis.